Telefone/Fax: (67) 3317- 6955
Rádio
Perpétuo Socorro
CLÍQUE PARA OUVIR
MAIS NOTÍCIAS

Inscrições abertas para mestrado e doutorado em ciências agrárias e ambientais
07 DE AGOSTO

Terça-feira será de sol na maioria das regiões de MS com máxima de 31ºC
07 DE AGOSTO

Prefeitura abre seleção para técnicos em radiologia com salário de R$ 1,2 mil
06 DE AGOSTO

Seleção para vagas com salários de até 8,6 mil se encerram nesta terça-feira
06 DE AGOSTO

Tempo continua chuvoso nesta segunda-feira com máxima de 28ºC
06 DE AGOSTO

Mostra busca instruir estudantes sobre qual profissão seguir na graduação
03 DE AGOSTO

Sexta amanhece chovendo em algumas cidades e previsão é de céu nublado
03 DE AGOSTO

Enem: professores e servidores podem ser inscrever para aplicar provas
01 DE AGOSTO

Inscrições para curso de inglês da UEMS encerram nesta quinta-feira
01 DE AGOSTO

Temperaturas continuam amenas e tempo seco, sem previsão de chuva
01 DE AGOSTO

Abertas inscrições do Encceja para detentos de presídios e de UNEI´s

Campo Grande News, 17 de Julho, 2018
Começaram hoje (16) as inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade 2018. As inscrições vão até o dia 27 de julho. O exame é para as pessoas privadas de liberdade ou que cumprem medidas socioeducativas e não tiveram oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada.

As inscrições são feitas pela internet pelo responsável pedagógico das unidades prisionais e socioeducativas. As provas serão aplicadas nos dias 18 e 19 de setembro.

Os participantes que buscam a certificação do ensino fundamental precisam ter, no mínimo, 15 anos completos na data da prova. Quem busca a certificação do ensino médio tem que ter, no mínimo, 18 anos completos. O exame é dividido em quatro provas objetivas por nível de ensino e uma redação. Cada prova objetiva tem 30 questões de múltipla escolha.

Para o ensino fundamental, os participantes serão avaliados nas áreas de ciências naturais, história, geografia, língua portuguesa, língua estrangeira, artes, educação física, redação e matemática. Para o ensino médio, o exame exigirá conhecimento nas áreas de ciências da natureza, ciências humanas, linguagens e códigos, redação e matemática.

As unidades prisionais e socioeducativas que quiserem aplicar as provas deverão ser indicadas pelos órgãos de administração prisional e socioeducativa e firmar termo de adesão junto ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira entre os dias 9 e 20 de julho.


Campo Grande News, 17 de Julho, 2018