Telefone/Fax: (67) 3317- 6955
Rádio
Perpétuo Socorro
CLÍQUE PARA OUVIR
MAIS NOTÍCIAS

Termina hoje prazo para pagar taxa de inscrição do Enem
23 DE MAIO

Quarta-feira será mais um dia de tempo claro com névoa seca
23 DE MAIO

Termina no dia 11 inscrição de concurso da Marinha com vagas em Ladário
22 DE MAIO

Terça-feira será de sol com temperaturas em elevação e noite fria
22 DE MAIO

40 cidades de MS registraram temperaturas abaixo dos 9ºC
21 DE MAIO

Taxa de inscrição no Enem deve ser paga até quarta-feira
21 DE MAIO

Aposentadoria por idade já pode ser pedida pelo telefone ou internet
21 DE MAIO

Prazo para agendamento de perícia no INSS termina nesta segunda-feira
21 DE MAIO

Sensação térmica é de 1ºC, mas temperatura deve aumentar
21 DE MAIO

Trailer em praça da Capital encerra vacinação contra gripe nesta 6ª feira
18 DE MAIO

Prefeitura firma contratos de R$ 11 milhões para iluminação pública

Campo Grande News, 15 de Maio, 2018
15051808814 640x480 50a17a4da395b9424f36ff03d126997e
Os contratos firmados entre a Prefeitura de Campo Grande e as duas empresas vencedoras da licitação para manutenção da iluminação pública nas sete regiões urbanas da cidade, prevendo investimentos de R$ 11,1 milhões, já foram assinados e devem entrar em vigor assim que os extratos sejam publicados no Diário Oficial do Município –o que está previsto para acontecer nesta terça-feira (15).

Com a publicação, o Paço Municipal espera por em prática o plenajamento de colocar nas ruas 21 equipes para efetuar os reparos na rede, com capacidade de troca de até oito mil lâmpadas por mês –atualmente são nove equipes mobilizadas. O resultado do certame foi divulgado em 13 de março, porém, recursos de empresas desclassificadas atrasaram a assinatura dos contratos.

Estimada em cerca de R$ 15 milhões, a licitação deve resultar em gasto pouco superior a R$ 11 milhões ao longo de 12 meses –soma das propostas vencedoras, apresentadas pela JLC Ltda. e Construtora B&C, que representam uma economia de R$ 4,5 milhões, ou 29% da estimativa inicial.

Há pressa no início das operações das vencedoras do certame, uma vez que, desde setembro do ano passado, não há contratos em vigor para a manutenção do serviço. A licitação foi anunciada naquele mês, contudo, foi paralisada por determinação do TCE (Tribunal de Contas do Estado), que pediu adequações ao edital.

Depois, recursos de empresas na Justiça impediram o andamento das contratações. Três ações apresentadas por concorrentes foram rejeitados em primeira instância na semana passada.


Campo Grande News, 15 de Maio, 2018