Telefone/Fax: (67) 3317- 6955
Rádio
Perpétuo Socorro
CLÍQUE PARA OUVIR
MAIS NOTÍCIAS

Dia de Jejum e Oração pela Paz mobiliza Igreja no Brasil e no mundo
24 DE FEVEREIRO

Estado terá sábado de tempo claro com possibilidade de chuva na região oeste
24 DE FEVEREIRO

Educação é fundamental, diz padre sobre combate à violência juvenil
23 DE FEVEREIRO

Meteorologia prevê sexta-feira sem chuva na maior parte do Estado
23 DE FEVEREIRO

IFMS abre nesta sexta-feira inscrições de convocados na 3ª chamada
23 DE FEVEREIRO

Após estragos, chuva dá trégua e Inmet prevê dia nublado para MS
22 DE FEVEREIRO

Funsat abre inscrições para processo seletivo com salários de até R$ 8,4 mil
22 DE FEVEREIRO

Ciclone no sul do país traz chuva e põe MS sob alerta de tempestade
20 DE FEVEREIRO

Terminam nesta terça inscrições para 620 vagas de cursos a distância do IFMS
20 DE FEVEREIRO

Papa e a Cúria Romana participam de retiro espiritual nesta semana
19 DE FEVEREIRO

Câmara analisa desconto no IPTU para quem instalar câmeras de vigilância

Campo Grande News, 08 de Fevereiro, 2018
A Câmara de Campo Grande encerra os trabalhos em plenário na primeira semana depois do recesso parlamentar votando cinco projetos de lei nesta quinta-feira (8). Os trabalhos terão início no plenário Oliva Enciso –na sede da Casa, na rua Ricardo Brandão, no Chácara Cachoeira– às 9h.
As propostas em análise divulgadas pela Câmara estão em segunda votação. Entre elas, está a que concede desconto no IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) a empresas a cidadãos que instalarem câmeras de segurança em seus imóveis –e que ficariam à disposição das autoridades de segurança pública. O projeto “Cidade Vigiada”, que também prevê outros pontos ligados ao tema, é de autoria de André Salineiro (PSDB) e Otávio Trad (PTB).

Também será analisado projeto que autoriza a Prefeitura de Campo Grande a criar uma programação que permita aos alunos da Reme (Rede Municipal de Ensino) realizarem passeios culturais gratuitos usando o City Tour. Outra proposta, também de caráter autorizativo (isto é, se aprovada, será seguida pelo Executivo conforme a conveniência da administração), envolve a construção de portais nas entradas da cidades. Os dois projetos são de Salineiro.

A pauta inclui projeto de João César Mattogrosso (PSDB) que muda para rua Lempira trecho da rua Dinar entre as ruas Santana e São Felix, no Portinho Pache.

Completa a agenda de votações do dia proposta dos tucanos Delegado Wellington e Professor João Rocha, presidente da Câmara, que institui na cidade a Bengala Verde como meio adequado de identificar pessoas acometidas de baixa visão e instrumento de orientação e mobilidade –o projeto existe em outros locais e visa a melhor identificar pessoas que enfrentam dificuldade de locomoção por conta da limitação visual, mas que não são cegas.


Campo Grande News, 08 de Fevereiro, 2018